in

FIFA anuncia modelo de Mundial de Clubes a cada 4 anos com 24 times; Europa ameaça boicote

Getty Images
Publicidade

Nesta sexta-feira (15), a FIFA anunciou a formulação de um novo modelo de disputa do Mundial de Clubes. O torneio passará a ser realizado de quatro em quatro anos, e contará com a participação de 24 equipes.

Publicidade

O novo molde terá a primeira edição no ano de 2021, e deverá ser realizada entre os meses de junho e julho, semelhante ao calendário da Copa do Mundo. A organização pretende aproveitar a parada deixada para a disputa da Copa das Confederações.

Publicidade

Dentre os 24 clubes, o continente mais representado será a Europa, com 8 equipes. Em seguida, vem a América do Sul, com 6 times, sendo que as demais vagas serão divididas entre os continentes restantes. Cada confederação continental decidirá a maneira pela qual as equipes se classificarão.

Clubes europeus ameaçam boicotar novo modelo

Algumas horas antes do anúncio oficial da FIFA, os grandes da Europa formalizaram uma ameaça de boicote ao novo modelo de disputa. A Associação de Clubes Europeus declarou em nota que, pelo fato de ser veementemente contra o novo modelo, nenhum de seus membros aceitará disputar o Mundial de Clubes, da maneira como está sendo proposto.

Publicidade

Essa não é a primeira vez que há um embate entre os europeus e a FIFA. Recentemente os gigantes do continente foram também contra o aumento do número de seleções presentes na Copa do Mundo, que passará de 32 para 48 países. Derrota para os europeus, vitória para a FIFA, neste caso.

O documento de repúdio da Associação de Clubes Europeus conta com alguns gigantes, tais como Real Madrid, Barcelona, Manchester United, Bayern de Munique, etc.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Atirador que matou dezenas de pessoas na Nova Zelândia atendia crianças de graça

Tragedia! Desabamento de terra em Angola deixa mortos e feridos em mina de ouro