in

Atirador que matou dezenas de pessoas na Nova Zelândia atendia crianças de graça

Newsplex

Um dos homens responsáveis pelo massacre em uma mesquita na Nova Zelândia já trabalhou como personal trainer e atendia crianças de graça. O site australiano ABC fez um levantamento e descobriu que Brenton Tarrant, 28 anos, se passava por uma pessoa boa.

O atirador já trabalhou em uma academia que fica em uma cidade a pouco mais de 600 km de Sidney. De 2009 a 2011, Brenton atuou em um programa como voluntário e ajudava crianças a praticar esportes. As pessoas que conviveram com ele naquela época diziam que se tratava de um profissional bastante dedicado e que sempre levou o trabalho muito a sério, ajudando a garotada a ter gosto pela prática de atividades físicas.

O pai de Brenton morreu aos 49 anos em decorrência de um câncer e então ele decidiu sair viajando pelo mundo, já que havia faturado um bom dinheiro com um investimento que fez em bitcoins. Por cerca de sete anos conheceu vários lugares e teria sido neste período que começou a se interessar por ideias mais radicais.

O ataque na Nova Zelândia

Quase 50 pessoas foram assassinadas no ataque a mesquitas na Nova Zelândia e 20 ficaram feridas, algumas em estado grave. Quatro pessoas estão sob custódia e Tarrant foi quem fez a transmissão ao vivo através do Facebook.

Pouco antes do massacre ele chegou a divulgar um documento alegando que o ataque foi motivado pelo ‘genocídio branco’, um termo muito comum entre os racistas quando querem se referir a imigração e também ao crescimento de populações diversas.

Tarrant revelou que há cerca de 3 meses escolheu ChristChurch e que quando chegou à Nova Zelândia começou a planejar tudo.

Leia Também

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br

Next post

Demi Lovato fala sobre problemas com drogas

FIFA anuncia modelo de Mundial de Clubes a cada 4 anos com 24 times; Europa ameaça boicote