in

Cachorrinha conquista a web ao se ‘entregar’ à polícia juntamente com o dono que foi preso

Pinimg/Montagem-Russel

Os animais têm sempre um espaço garantido na web, as fotos de cães, gatos e outros bichinhos conquistam os internautas, mas tem uma cachorrinha no interior de do Mato Grosso do Sul que se tornou uma das mais comentadas recentemente.

O motivo para todo este sucesso é que ela resolveu se ‘entregar’ à polícia, ao ver o dono sendo preso. No Centro de Deodápolis, a 250 km de Campo Grande, dois homens foram presos por tráfico de drogas. Ao ver o dono se entregando aos policiais, a cadelinha de poucos meses fez o mesmo.

A foto foi tirada no instante que ela estava deitada, de barriga para cima, chamando o dono para brincar o que deu a impressão de que ela estava realmente se entregando“, disse o policial surpreso com a cena jamais vista durante os anos de serviço.

Infelizmente esta história só tem a parte da cachorrinha para divertir, porque os dois homens foram flagrados com mais de dez quilos de maconha e foram levados para a delegacia de Deodápolis, onde esperam pela audiência de custódia.

Mas a cachorrinha não foi abandonada, ela ficará provisoriamente com uma família que mora na casa em frente onde tudo ocorreu. Pelo menos para ela, tudo terminou bem.

O caso da ‘Manchinha’

A cachorrinha barbaramente morta no Carrefour estará ajudando muitos outros animais. É que a Justiça determinou que a empresa deverá depositar R$ 1 milhão em fundo que será destinado a cuidar de animais.

Este fundo será criado pelo município de Osasco e o Ministério Público de São Paulo informou que a empresa já assinou o Termo de Compromisso assumindo a obrigação.

Leia Também

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br

Next post

Pânico na África: sobe para 20 o número de mortos em escola que desabou na Nigéria

Polícia testa fuzil de acusado de matar Marielle e resultado complica advogados de defesa