in

Juventus de Cristiano Ronaldo e Real Madrid lutam pelo mesmo reforço

Contacto

A chegada de Zidane promete mexer muito com o mercado europeu do futebol. Na Espanha, todos garantem que o francês só aceitou regressar no Real Madrid porque Florentino Pérez estaria dando carta branca para ele fazer todas as contratações. O time vai abrir seus cofres para rechear o time de estrelas e esquecer uma temporada difícil, no primeiro ano depois de Cristiano Ronaldo. 

Zidane vai usar sua influência

De acordo com a imprensa espanhola, Zidane vai ser o senhor de todas as decisões no Real Madrid. E o treinador francês estaria já pensando em um reforço galáctico, que chegaria em Madrid, para ser o líder do presente e para o futuro. 

Kylian Mbappé tem 20 anos, mas está já em um nível acima de todos os jogadores de sua idade. É um craque e luta com Leo Messi pela chuteira de ouro para o melhor artilheiro das ligas europeias. O jogador do PSG tem, no entanto, vários times interessados em sua assinatura. 

 As dúvidas de Mbappé

O jovem francês vem repetindo várias vezes que pretende continuar jogando em Paris. No entanto, após a eliminação do PSG nas oitavas de final da Champions e de todas as complicações do time com o fair-play financeiro, o atacante, de 20 anos, pdoeria mesmo estar de saída. 

Para o PSFG, seria uma grande entrada financeira e o jogador poderia atuar em uma liga com mais visibilidade. Afinal, ele está sendo apontado como o verdadeiro sucessor de Messi e Cristiano Ronaldo, na lista dos melhores do mundo, mas a verdade é que se ele continua jogando somente a liga francesa, vai ser difícil ele se destacar tanto assim. 

Por isso, o jogador teria a chance de deixar o PSG, optando entre dois gigantes europeus. De acordo com o jornal italiano Tuttosport, Mbappé tem duas opções em suas mãos. Ou ele vai para o Real Madrid, treinado pela lenda do seu país, Zinedine Zidane, ou vai para a Juventus, de seu ídolo de sempre, Cristiano Ronaldo. 

Leia Também

Next post

Chocante! Estudante conta como usou jiu-jitsu para escapar com vida do massacre em Suzano

Em manifesto, terrorista de ataque à mesquitas menciona Brasil e o que diz choca