in

Mais de 90% são a favor do porte de armas, mostra enquete

Fotomontagem: Bruno Avila/YouTube: Silvio Ribeiro/Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Publicidade

Um atentado aconteceu em Suzano, na Grande São Paulo, e a discussão sobre a legalização ou não do porte ou posse de armas voltou à tona. Os jovens estavam armados e muitos acreditam que mais armas só causaria mais violência; já outros acreditam que armas nas mãos de professores e coordenadores evitaria uma tragédia maior.

E meio a toda esta discussão, o site UOL criou uma enquete para saber quantas pessoas são a favor ou não do porte de armas. A pergunta era especificamente quanto ao ‘porte’.

Até o momento, são 93,7% que votaram favoráveis ao porte de armas, e somente 6,3% votaram contra na pesquisa. Vale ressaltar que, por se tratar de uma enquete na Internet, os valores podem modificar drasticamente de uma hora para outra.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Diferença entre posse e porte

Na enquete/pesquisa estava especificada a pergunta sobre porte, mas poucos sabem a diferença entre posse e porte. É importante saber que, por mais que Bolsonaro seja favorável ao porte de armas para o ‘cidadão de bem’, o seu projeto de Governo só apresenta a liberação para a posse.

A posse de armas é quando o cidadão só pode tê-la em sua propriedade, seja ela rural ou urbana, não podendo sair com esta arma de fogo para a rua. Assim, a arma fica ilegal a partir do momento em que sai da área de defesa de sua propriedade.

Já o porte se caracteriza por poder andar com a arma. O porte de armas é necessário para policiais e para todos que precisam trabalhar armados. O porte, simplesmente, é a liberdade de ir e vir com sua arma de fogo ao lado.

Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com