in

Avô de Guilherme, atirador do massacre, conta um pouco da personalidade do garoto

Estadão

O massacre de Suzano causou um grande impacto na sociedade e virou notícia no mundo. Milhares de pessoas se comoveram com a tragédia da escola Raul Brasil.

O perfil dos assassinos foi identificado pela imprensa, e os familiares vieram a público, lamentar o ocorrido e se desculpar pelo lamentável incidente.

Um dos atiradores, Guilherme Taucci, de 17 anos, morava com os avós. A avó faleceu a dois meses e foi uma perda para o jovem O Avô, consternado com tudo que o neto fez, falou sobre a personalidade do rapaz.

Segundo ele, o neto era uma pessoa tranquila e nunca lhe deu trabalho. O idoso ainda fez questão de ressaltar, que ele nunca fez utilização de nenhum tipo de droga. O corpo do jovem foi enterrado nesta quinta-feira (14), sem que ninguém comparecesse ao velório, somente parentes mais próximos.

Vítima são enterradas nesta quinta-feira e investigação continua

As vítimas também foram veladas nesta quinta-feira, dia 14, e enterradas sob aplausos de centenas de pessoas que se comoveram com o atentado.

O crime aconteceu na última quarta-feira (13), quando Guilherme e Luiz Henrique Castro entraram na escola atirando e dando golpes de machado em vários alunos do colégio Raul Brasil, em Suzano (SP). Cenas de pânico, comoção e terror, tomaram conta dos estudantes, que pensavam ser mais um dia comum.

Ainda não se sabe o que motivou os adolescentes a cometerem o ato, mas a polícia segue investigando o ocorrido. Uma nova evidência, de que exista um terceiro envolvido no caso, pode mudar os rumos das investigações. Por enquanto, o caso seguirá em aberto.

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Corpos de vítimas de massacre em Suzano são enterrados sob aplausos de milhares de pessoas

Menina de 12 anos engravida e dá à luz a um bebê, o pai também tem 12 anos