in

Bolsonaro faz limpeza, anuncia 21 mil demissões que economizará R$ 194,9 milhões

Foto: Reuters
Publicidade

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, vem anunciando medidas históricas e surpreendendo. A última delas foi a extinção de 21 mil cargos comissionados no Governo Federal. Com as demissões publicadas no Diário Oficial da União (DOU), o país terá uma grande economia.

As funções eram de confiança e gratificações no Poder Executivo federal. No entanto, foram extintos 5.100 postos e 1.487 gratificações, que resultam em 21 mil cargos comissionados. O valor médio das gratificações era de R$ 570 por mês e os valores variam de R$ 62 a R$ 11.200.

Porém, as extinções destes cargos não serão feitas agora. Bolsonaro anunciou a medida, porém só acontecerá no fim de abril e de julho. A economia prevista com esta medida é de R$ 194,9 milhões.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ainda há, atualmente, 131 mil cargos comissionados. Bolsonaro, contudo, conseguiu mudar para 110 mil. Segundo o Governo publicou, os cargos que são necessários para as funções do ministérios serem concluídas, foram mantidos. Somente os desnecessários que precisaram serem enxugados.

Ainda foi complementado que houve cortes em todos os ministérios. A intenção divulgada sempre pelo atual presidente Jair Messias Bolsonaro, desde a sua campanha, é de enxugar a máquina pública, gerando maior economia possível para possíveis investimentos.

A medida vem sendo elogiada nas redes sociais, pois cortes vem acontecendo desde o começo do Governo Bolsonaro, desde que o mesmo extinguiu alguns ministérios e os fundiu ou os transformou em secretárias dentro do Governo Federal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: [email protected]