in

Major Olímpio sobre tiroteio: ‘Se os professores tivessem armados, teria sido evitado’

Estadão/ Montagem Rômulo Nogueira
Publicidade

Major Olímpio, atual senador da República e pertencente ao partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL, causou polêmica ao comentar sobre o massacre que aconteceu nesta manhã (13) na escola Raul Brasil em Suzano (SP).

Segundo o político, essa tragédia que aconteceu na escola teria sido evitada se os professores estivessem armados.

O senador que é um dos principais apoiadores do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e um dos mais atuantes quando se trata de contestar a revogação do desarmamento no Brasil e redução da maioridade penal. Assim, ele não se furtou a comentar a tragédia dessa quarta-feira (13): ” Se os professores estivessem armados, e se os serventes estivessem armados, essa tragédia de Suzano teria sido evitada”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A declaração foi dada durante a reunião de Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. Em nota, Major Olímpio também frisou que a política a favor do desarmamento fracassou, e que não podem deixar que aproveitadores tirem proveito de tragédias para criticar o armamento e dizer que a única solução para manter o país em segurança é desarmando a população.

Major Olímpio também defende a redução da maioridade penal, que visa prender qualquer pessoa a partir dos 12 anos após passar por uma avalização psicológica. O político acredita que as escolas deveriam ser lugares para proteger as crianças e mostrar a elas o valor da educação, mas infelizmente não é o que vem acontecendo.

Para o político que defende a mesma ideia de Jair Bolsonaro sobre o armamento e redução da maioridade penal, bandido não tem idade, e uma tragédia como a que se viu em Suzano só confirma isso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.