in

Jovem teria baleado o próprio tio minutos antes de cometer os homicídios na Escola Raul Brasil

Publicidade

Até o momento, ao menos oito pessoas perderam a vida após dois adolescentes invadirem uma escola estadual em Suzano, em São Paulo. Os jovens atiraram contra alunos e funcionários.

Publicidade

Após os disparos, a dupla cometeu suicídio. Duas vítimas, uma estudante e a coordenadora da escola, chegaram a ser socorridas com vida e levadas a um hospital da região, mas acabaram não resistindo.

Publicidade

A ocorrência se deu na manhã desta quarta-feira (13), na escola estadual Professor Raul Brasil, na rua Otávio Miguel da Silva, às 9h30, durante o horário de intervalo dos alunos da instituição.

O local está cercado por viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, além de pais e parentes de alunos que buscam informações a respeito do seus filhos.

Publicidade

O comandante da Policia Militar de São Paulo, coronel Marcelo Salles, afirmou que foram encontrados, junto aos jovens que cometeram o atentado, um revólver calibre 38 e uma besta, espécie de arco e flecha acionado por gatilho. Equipes do GATA analisam um objeto que aparentemente seria uma bomba.

Ocorrência antes do atentado

A capitão Cibele, da Polícia Militar, disse que pouco tempo antes dos disparos na escola, a Polícia foi acionada para outra ocorrência de disparos de armas de fogo próximo do local do ataque.

“Policiais estavam indo para esse primeiro chamado e ouviram gritos das crianças. Foram então até a escola, onde os dois criminosos acabaram se matando”, disse ela.

A ocorrência se tratava do baleamento do tio de um dos jovens em uma loja de carros. O estabelecimento fica localizado a 500 metros da escola Raul Brasil. A Polícia busca apurar se o atentado contra a vida do tio do jovem tem relação com o tiroteio dentro da escola.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Higor Mendes

Corretor de Imóveis, cursou até o 3º semestre de Engenharia de Pesca na Universidade Federal Rural da Amazônia e atualmente é graduando em História na UNP. Apaixonado por História da Segunda Guerra Mundial, Política, Futebol e curiosidades em geral.

Professora conta tudo o que aconteceu no massacre da escola em Suzano, São Paulo

Tragédia em Suzano: criminosos usaram uma besta e atiraram flechas em alunos