in

Maria do Rosário pede, aos gritos, investigação de Bolsonaro no ‘caso Marielle’

Fotomontagem: Bruno Avila / El País / Twitter - Maria do Rosário
Publicidade

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, pronunciou sobre ser vizinho e ter foto com um dos suspeitos do assassinato de Marielle Franco. No entanto, o presidente respondeu que tem foto com milhares de militares e isso não provaria nada.

Publicidade

Bolsonaro ainda afirmou que deve ter, sim, um mandante do crime, assim como também acredita que mandaram mata-lo. Contudo, dentre as polêmicas, Maria do Rosário se pronunciou na Câmara dos Deputados e pediu uma CPI por conta de um suposto envolvimento da família Bolsonaro com o acusado pelo assassinato da vereadora.

Publicidade

Maria ‘surtou’, na linguagem dos internautas, e, aos gritos, pediu para que haja mais investigações no caso de Marielle Franco, citando Jair Bolsonaro e seus filhos como possíveis envolvidos.

Maria tem um antigo envolvimento com Jair Bolsonaro, tanto que o atual presidente teve seu primeiro vídeo viralizado em uma discussão com a mesma. O vídeo aconteceu em uma entrevista na RedeTV!, próximo dos anos 2000, e corria na Internet até a época das eleições de 2018. Até hoje, alguns compartilham para criticar a postura de Bolsonaro.

Publicidade

Bolsonaro, então, se tornou uma figura da direita política e, aos poucos, foi tornado-se o maior representante dessa ala. Hoje, na presidência da República, o político faz um governo com ideal de direita.

O presidente, entretanto, vem sendo criticado por algumas postagens nas redes sociais e tenta articular o máximo possível para aprovar a Reforma da Previdência.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.