in

McGregor é preso nos Estados Unidos; lutador foi acusado de roubar e quebrar celular de fã

GQ
Publicidade

Conor McGregor surpreendeu o mundo nesta segunda-feira (11), mas não pro vencer mais uma incrível luta, desta vez o lutador irlandês chamou a atenção de todos após se envolver em problemas com a polícia norte-americana e acabar sendo preso.

McGregor estava em Miami Beach, quando foi acusado de quebrar o celular que pertencia a um fã e ainda quebrar o aparelho. Segundo uma reportagem divulgada pelo jornal ‘Miami Herald’, o lutador estava saindo de uma boate por volta das 5 horas da manhã, quando notou que tinha um fã tirando várias fotos dele com o celular.

O lutador foi até o fã, bateu a mão no aparelho jogando-o no chão e depois pisou diversas vezes sobre ele. As informações divulgadas pelo jornal tiveram como base o relatório feito pelos policiais na Flórida. Câmeras de segurança no local gravaram tudo que aconteceu e as imagens serão usadas pela Justiça.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

McGregor decidiu passar alguns dias nos Estados Unidos, aproveitando para comemorar o aniversário da mãe, que completou 60 anos na semana passada. McGregor não foi preso no local onde tudo aconteceu, os investigadores tiveram que ir até uma mansão de luxo em Miami Beach e neste local ele foi preso. Agora o irlandês se encontra no Centro de Correção Turner Guilford Knighte, em Miami.

O inglês Ahmed Abdirzak disse que só queria tirar algumas fotos do lutador e jamais esperou que ele fosse reagir daquele jeito. Depois que McGregor pisou várias vezes no celular, Abdirzak agachou, recolheu os pedaços e foi embora, mas foi atrás de seus direitos e disse aos policiais que o smartphone custa cerca de US$ 1 mil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: [email protected]