in

Cássio diz que quase assinou com Grêmio

Publicidade

O goleiro Cássio tem feito história no Corinthians e está próximo de se igualar aos maiores ídolos da história do clube Alvinegro. O goleiro titular do Timão está perto de igualar a idolatria do ex-goleiro Ronaldo Giovanelli.

O goleiro campeão do mundo pelo Corinthians em 2012 deu declaração surpreendente neste domingo (10). Cássio deu entrevista ao comentarista Casagrande no programa Esporte Espetacular, da Rede Globo.

Entre as conversas na entrevista, o camisa 12 do Timão falou sobre a sua quase saída do Corinthians para o Grêmio em 2016. Segundo ele, Andrés Sanchez o convenceu a continuar no clube paulista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Eu quase fui para o Grêmio. Para ser bem honesto, só não saí por causa do Andrés. Entre várias pessoas, foi um cara que me chamou pra conversar e me devolveu a confiança. Eu tinha recebido uma proposta financeira, que também era boa para o Corinthians, mas ele veio, sentou comigo, conversou, me mostrou tudo o que eu já tinha feito no Corinthians, o que ainda estava construindo. Estendeu a mão, me ajudou a retomar o meu rumo. E minha esposa também me ajudou a me orientar, a voltar a focar no trabalho“, disse Cássio.

Hoje, Cássio é o segundo goleiro que mais atuou na história do Corinthians, atrás apenas do ex-goleiro Ronaldo Giovanelli, que atuou de 1988 a 1998 no Timão.

Cassio também falou sobre o título do Corinthians no Mundial de Clubes em 2012, contra o Chelsea. Segundo ele, a primeira defesa no jogo foi o mais importante para levar o título naquele ano.

A primeira defesa, no escanteio. Se a gente toma o gol no começo poderia dar uma balançada no time. Uma questão que marcou bastante foi o intervalo. Falamos: dá pra ganhar desses caras”, disse o goleiro do Timão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: [email protected]