in

Temporal mata oito pessoas, e meteorologistas avisam que ainda tem mais água chegando

G1/ Gospel Geral/ Montagem Rômulo Nogueira
Publicidade

Após o temporal que atingiu a capital metropolitana na madruga de domingo para segunda-feira, sete pessoas morreram.

Publicidade

De acordo com a informação do Corpo de Bombeiros, quatro pessoas morreram após um deslizamento em Ribeirão do Pires, localizado na região do ABC.

Publicidade

Entre as várias vítimas, uma família acabou sofrendo com o caos e perdeu três irmãos de uma só vez. Outras duas morreram afogadas na Avenida dos Estados e outra no bairro de Taboão, em São Bernardo do Campo.

Os corpos das vítimas resgatadas estavam na altura do número 135 da Rua Ibitirama, próxima a Avenida dos Estados.

Publicidade

Os três irmãos morreram vítimas de um deslizamento que acabou provocando o desabamento de uma residência a rua Caiçara, altura do número 100, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. A informação de que às três vítimas eram irmãos foi confirmada pela prefeitura.

Uma mulher de mais ou menos 52 anos e uma criança de 9 conseguiram ser salvas com vida e levadas para o hospital da região. Segundo o Corpo de Bombeiros o desabamento ocorreu na noite de ontem por volta das 23h40.

A Defesa Civil confirmou na manhã desta segunda-feira (11) a morte da criança que foi resgatada no deslizamento.

Chuva provoca vários estragos

A chuva ainda acabou provocando diversos estragos por outros pontos da cidade. Rodovias figaram alagadas, estações de trens foram paralisadas. Por conta da situação caótica o rodízio de carros foi suspenso nesta segunda-feira (11).

De acordo com a equipe do Corpo de Bombeiros mais de 601 ocorrências foram registradas. A situação ainda é preocupante na capital, pois, segundo a previsão, mais chuva deve atingir a região até o final do dia.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.