in

Faustão surpreende e também quer saber ‘quem mandou matar Bolsonaro?’

Reprodução / TV Globo / YouTube Direita Unida
Publicidade

O apresentador Fausto Silva, da Rede Globo, tomou uma atitude surpreende em seu programa exibido neste domingo (10). Depois de uma polêmica envolvendo o presidente Jair Bolsonaro, no começo do ano, e ele, Faustão questionou as investigações da facada que Bolsonaro recebeu em setembro do ano passado.

O apresentador fez uma chamada anunciando a reportagem do Fantástico sobre o caso Marielle Franco, vereadora do PSOL que foi assassinada em março do ano passado e cujo caso ainda não foi resolvido.

Faustão, porém, completou dizendo que o público também aguarda a o término das investigações do atentado que Bolsonaro sofreu em Juiz de Fora, no dia 6 de setembro, enquanto fazia campanha política.

Publicidade

O agressor, Adélio Bispo de Oliveira, está preso, mas aliados e eleitores de Bolsonaro aguardam a definição. Vira e mexe muitos deles aparecem nas redes sociais querem saber “quem mandou matar Bolsonaro?”.

Publicidade

Na última semana, informações mostravam que Adélio pode ter problemas mentais e que teria agido sem a influência de ninguém. Pesa contra o homem que tentou assassinar Bolsonaro o fato de que ele foi filiado ao PSOL, partido que faz oposição ao presidente, e também os advogados que foram pagos anonimamente para defender Adélio.

A atitude de Faustão de questionar o desenrolar das investigações surpreende porque aliados de Bolsonaro criticam parte da mídia por falar pouco sobre o caso. No Twitter, internautas comentaram a postura do apresentador.

“Faustão cobrou explicação para o caso da Marielle e da facada do Bolsonaro. E ainda completou dizendo que: ‘quem paga imposto deve receber o mínimo’ kkkk surpreendeu”, comentou um internauta.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br