in

Após sucesso de Paquetá, Milan monitora outro craque do futebol brasileiro

Divulgação/Instagram Oficial de Lucas Paquetá
Publicidade

O Milan se prepara para mais um clássico importante diante de seu maior rival, a Inter de Milão, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Italiano. Em caso de vitória, os Rossoneros darão um grande passo rumo à classificação para a próxima UEFA Champions League e o time já monitora o mercado da bola pensando na próxima temporada.

Publicidade

Paquetá vem sendo destaque no Milan

O jovem Lucas Paquetá, de apenas 21 anos de idade, vem sendo um dos grandes destaques no projeto de um “novo Milan”. A equipe busca recuperar seus tempos de glória e enxerga nos jogadores brasileiros o talento que vinha faltando em seu elenco.

Publicidade

Além de contar com total apoio dos torcedores e da imprensa italiana, o jovem meia-atacante também vem sendo constantemente elogiado pelo seu técnico, Gennaro Gattuso, que sempre exalta as características do jogador.

“Paquetá é um jogador forte, um jogador com características precisas. Ele parece um jogador europeu, não brasileiro. Tem um estilo de jogo brasileiro, mas conhece bem o campo, tem qualidade física”, disse o comandante impressionado com a qualidade de Paquetá.

Publicidade

Outro craque brasileiro desembarcando em Milão?

Após a contratação de Lucas Paquetá se converter também em bons resultados dentro das quatro linhas, o Milan passou a monitorar com mais carinho o futebol brasileiro e parece ter encontrado seu próximo alvo. Segundo o jornal italiano Tuttosport
, o time estaria disposto a desembolsar R$ 40 milhões de euros (cerca de R$ 170 milhões de reais) para contar com os serviços de Everton, atualmente jogador do Grêmio.

Aos 22 anos de idade, Everton já se tornou peça fundamental no elenco do time do técnico Renato Gaúcho e seu nome apareceu novamente em mais uma convocação de Tite para servir à Seleção Brasileira.

Publicidade

Leia Também

Saiba porque esta casa de 95 anos tem mais tecnologia do que o prédio do Google

Faustão surpreende e também quer saber ‘quem mandou matar Bolsonaro?’