in

Irmão de homem que morreu ao cair em moedor de carne faz desabafo emocionante

Reprodução / Polícia Civil / Arquivo Pessoal Rodrigo
Publicidade

A morte de Rodrigo Lopes, de 33 anos, na última quinta-feira (7), chamou bastante a atenção: o rapaz caiu em um moedor de carnes dentro do frigorífico onde trabalhava, em Eldorado, Mato Grosso do Sul.

Publicidade

Em entrevista ao UOL, o irmão mais novo de Rodrigo, Ricardo, de 23 anos, fez desabafo emocionante e disse que o irmão mais velho era um herói dentro de casa. A família é de Guaíra, interior do Paraná. Segundo ele, irmãos mais velhos sempre são tratados como heróis pelos mais novos.

Publicidade

“Por ser mais velho, acho que ele se sentia no papel de protetor. Sempre que a gente se encontrava depois que ele saiu de casa e foi ter uma família, ele me dava um conselho. De cara, eu achava ruim, ficava irritado, bravo. Depois da adolescência, comecei a perceber que aquilo era uma forma de afeto, era um cuidado”, afirmou Ricardo.

A outra irmã, Carolina, de 29 anos, diz que Rodrigo era zeloso com a família e fazia sempre questão de estar perto de todos. “Um grande amigo”, disse ela. O rapaz morto morava com a companheira Luciana, em Eldorado. Ele tinha se mudado para a cidade havia menos de um ano.

Publicidade

Na quinta-feira, dentro da fábrica da Bello Alimentos, a vida dele chegou ao fim. Antes de trabalhar no frigorífico, ele trabalhou como segurança e motorista particular.

A Polícia Civil de Eldorado investiga o caso. De acordo com o delegado Pablo Ricardo Campos do Reis, responsável pela condução da investigação, nenhuma hipótese está descartada, incluindo aí suicídio ou ato criminoso. A fábrica foi fechada no dia da morte para que a perícia fosse realizada.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.