in

Carlos Bolsonaro relembra que Mangueira teria utilizado propina para realizar desfile

Fotomontagem: Bruno Avila / Twitter: Carlos Bolsonaro / Sputnik Brasil
Publicidade

Um dos filhos do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, vem militando contra o Carnaval em sua conta do Twitter. O Carlos Eduardo é o filho que fica mais próximo do pai em sua jornada na presidência e está sendo muito ativo nas redes sociais.

Hoje, em meio às postagens contrárias ao Carnaval, Carlos resolveu postar uma curiosidade da Escola de Samba Mangueira, que ganhou o Carnaval do Rio de Janeiro neste ano. O filho do presidente postou uma foto de uma notícia do G1 em que mostra que a Mangueira teria utilizado propina da para realizar desfiles.

Segundo a reportagem, a propina teria vindo de Sérgio Cabral, que, segundo Carlos, é um ‘braço esquerdo’ do PT. A propina teria sido recebida por Chiquinho, quando ele assumiu a presidência da Escola, para realizar os desfiles de 2013 e 2014.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A reportagem do G1 coloca que teriam sido seis pagamentos de R$ 500 mil, totalizando R$ 3 milhões em propinas. No entanto, não há quaisquer provas de que a Mangueira tenha utilizado propinas ou atos ilícitos para ser campeã neste ano.

O desfile da Escola Mangueira foi campeão do Carnaval do Rio de Janeiro e teve como destaques homenagens à Marielle Franco e também integrantes da esquerda política, como Marcelo Freixo, que perdeu a candidatura a prefeitura da cidade do RJ para o atual prefeito Crivella.

Carlos vem sendo atuante contra o Carnaval e seu pai, Jair Bolsonaro, vem causando também muita polêmica com postagens. Críticos do presidente vem, até mesmo, cogitando um pedido de impeachment por conta de suas postagens nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com