in

Após pergunta imprópria no Twitter, Bolsonaro recebe uma ‘resposta patata’ de Zé de Abreu

Folha / Notícias Gospel
Publicidade

Após a polêmica das publicações de vídeos obscenos no Twitter de Jair Bolsonaro, o presidente tentou amenizar a situação se mostrando como um homem inocente e sem o conhecimento do que o vídeo de fato exibia.

Às 9h26 da manhã desta quarta-feira, Bolsonaro publicou um tweet perguntando aos seus seguidores o que seria o termo usado para descrever o ato apresentado no vídeo. “O que é gold*n show*r?”, escreveu o presidente.

Rapidamente, o tweet feito no perfil oficial de Bolsonaro, que acumula milhões de seguidores, gerou uma enxurrada de comentários com respostas irônicas e até mesmo críticas à atitude do presidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em um comentário, um internauta resolveu aconselhar Bolsonaro a ir trabalhar. Outro seguidor preferiu dizer que por mais que ele não suporte os ex-presidentes Lula e Dilma, eles não ficavam falando uma série de coisas aleatórias e desnecessárias nas redes sociais o dia inteiro.

Outro internauta indagou Bolsonaro, fazendo referência às acusações envolvendo seu filho, Flávio Bolsonaro, a primeira dama, Michele Bolsonaro, e se motorista. “O que é lavagem de dinheiro da milícia e motorista laranja?”.

“Só sei que isso é uma conta oficial de um presidente nacional, e o mesmo usa tal como se fosse de um adolescente querendo atenção!”, escreveu outro.

A resposta que mais chamou atenção, sem dúvida alguma foi a do “presidente autoproclamado do Brasil”, Zé de Abreu. Segundo o ator, o termo questionado por Bolsonaro se trata de uma expressão em inglês “para se referir a cheques depositados na conta da primeira dama, referentes ao pagamento de um suposto empréstimo de R$ 40 mil para quem movimentou R$ 7 milhões em três anos, presidente. Chove ouro”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Higor Mendes

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.