Desfile da Gaviões derrotando Jesus é considerado crime por frente parlamentar

Leia também

Lembra do Compadre Washington? Após anos difíceis, ele prova que a vida dá voltas

O 'eterno' vocalista da era de ouro do grupo É O Tchan passou por muitos apertos nestes últimos anos.

Andressa Suita abre o coração e fala sobre tratamento para ter uma menina: ‘para garantir’

A esposa do sertanejo Gusttavo Lima abriu o coração e falou sobre maternidade e o desejo de aumentar a família.

Chorando, Simone pega fãs de surpresa com vídeo: ‘não queria aparecer aqui desse jeito’

Irmã de Simaria fez publicação nos seus stories do Instagram e chamou a atenção dos seguidores.

Giovanna Ewbank rebate seguidora que chamou ela e Bruno de ‘desastre’ como pais: ‘louca’

A apresentadora não gostou nada da crítica e rebateu a internauta após comentário sobre educação aos filhos.
Bruno Avila
Redator de futebol e política desde 2016. Hoje um dos profissionais mais lidos da 1News.
Publicidade

O desfile da escola de samba Gaviões da Fiel causou muito alvoroço entre os religiosos, que acusaram a escola de zombar da imagem de Jesus Cristo. Tudo isso porque a coreografia mostrava Satanás vencendo Jesus em um embate.

No entanto, a frente parlamentar conhecida como ‘Bancada Evangélica’ resolveu se pronunciar sobre o assunto. O deputado Marco Feliciano já havia repudiado e agora a frente parlamentar exibiu uma nota pública.

Publicidade
Publicidade

Segundo os parlamentares, o desfile é considerado um crime e  se enquadra em intolerância religiosa, tirando quaisquer possibilidades de serem enquadrados como arte. No texto tem até a afirmação ‘não é arte, é crime’.

Publicidade

Na nota, os parlamentares também refirmam que lutarão e farão tudo contra para que este dinheiro público não seja mais destinados para espetáculos do Carnaval. Segundo os próprios, o Brasil já tem um povo tão sofrido e precisando de educação, saúde e tendo o enfrentamento à criminalidade e à violência, assim sendo um ato totalmente repudiante os investimentos carnavalescos.

Publicidade

A informação foi publicada em primeira mão pelo site ‘Gospel Prime’, que é ativista político e tem ligação direta com a ‘Bancada Evangélica’. Um processo está em pauta para que a escola de samba seja penalizada por tal ato.

Alguns defendem a escola, por conta de uma derrota do Satanás ao final do espetáculo, porém o que irritou aos evangélicos é que a figura de Jesus Cristo não poderia ser diretamente humilhada por um personagem que representava o diabo.