in

Filha de pastor ‘zomba’ próprio pai e desfila quase ‘sem nada’ na Sapucaí: ‘Vai descobrir pela TV’

Monique Arruda/UOL

Neste ano de 2019, a escola de samba Beija-Flor está comemorando 7 décadas de Carnaval carioca. Com o tema vale a pena ver de novo, a agremiação buscou recordar toda a sua trajetória, apresentando os seus melhores momentos, bem como críticas sociais e políticas, além de temas históricos.

Uma das integrantes da escola, Simone Cerqueira, causou surpresa ao fazer uma revelação bombástica. Representando uma escrava em um dos veículos da apresentação, ela desfilou sem usar nenhum traje na Sapucaí, tendo ocultado essa informação de seu pai, o qual segundo ela, é pastor evangélico.

A fantasia é extremamente minimalista: um par de sandálias nos pés, uma saia recortada na parte de baixo, e a parte de cima completamente despida.

Segundo ela, não há qualquer sentimento de vergonha em participar do desfile dessa maneira pois há todo um contexto para tal e, como atriz, nada sai do profissionalismo. Não fossem nessas condições, Simone afirmou que jamais aceitaria participar de algo desta forma.

O único problema para ela é de fato o próprio pai. Em entrevista ao portal UOL, ela afirmou que ele possui 64 anos de idade, e é pastor em uma igreja evangélica e, aparentemente, bastante conservador nos costumes.

Até então, ela havia informado que iria desfilar usando pouca roupa, mas não que seria sem nada. Segundo Simone Cerqueira, o pai ficará sabendo da atitude pela televisão, e certamente ficará chateado.

Todavia, ela informou que irá explicar para o pai que tudo não passa de arte, e garantiu que haverá a compreensão.

Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.