in

Emocionado, Bolsonaro lembra facada e revela medo de morrer por motivo comovente

Facebook Bolsonaro
Publicidade

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deu nessa semana uma coletiva de imprensa notória. Ele proibiu gravações, porém deu informações exclusivas e únicas. Diretamente da capital federal, Brasília, ele lembrou um dos momentos mais difíceis da sua vida, a facada levada durante um dia de campanha, no ano passado, na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais.

Segundo o portal de notícias R7, Jair Bolsonaro disse que teve medo de morrer por conta da filha mais nova, Laura. A menina que completou sete anos foi revelada ao público no ano passado. Ela é fruto do relacionamento com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro. 

Bolsonaro disse que a morte aconteceria, segundo ele, se o resgate demorasse mais dez minutos. Bolsonaro tem cinco filhos: Flávio, Carlos e Eduardo, do primeiro casamento. Renan, de um segundo relacionamento e Laura, da união com Michelle Bolsonaro. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bolsonaro lembra atentado e fala da filha

Ainda na entrevista, Jair contou que teve acessos à áudios conseguidos pelo setor de inteligência da Presidência da República, que ligariam o interesse de um grupo criminoso na sua morte. A informação aparece no momento em que a Polícia Federal confirmou não ter provas de que Adélio Bispo tenha agido com a ajuda de terceiros.

Segundo Bolsonaro, o áudio seria de integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).  Eles estariam irritados com as ideias do então candidato em endurecer leis para os presos. 

Vale lembrar que, recentemente, Jair teve que passar por uma cirurgia de reversão da colostomia. Ele passou alguns dias internado em um hospital de São Paulo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.