in

Eduardo Bolsonaro diz que cogitar saída pra velório põe Lula ‘posando de coitado’

Publicidade

O neto de Luiz Inácio Lula da Silva morreu nesta sexta-feira (01), e os advogados do petista logo entraram com um pedido na Justiça para que o ex-presidente pudesse deixar a prisão temporariamente para ir ao enterro. Lula está na sede da Polícia Federal, em Curitiba, e já está ciente dos fatos.

Para Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, só este debate sobre a possibilidade de Lula deixar ou não a prisão para ir ao sepultamento do neto faz com que o pestista fique em “voga, posando de coitado”. Arthur, neto do petista, morreu aos 7 anos, vítima de uma meningite.

O comentário do filho do presidente Jair Bolsonaro foi feito no Twitter, em resposta a um internauta que divulgou uma enquete perguntando qual a opinião sobre o caso, se o ex-presidente poderia ou não deixar a prisão para esta ocasião.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Lula é preso comum e deveria estar num presídio comum”, comentou Eduardo Bolsonaro, questionando ainda se acontecer do familiar de algum outro preso morrer, se ele poderá ser escoltado pela polícia federal ao velório, assim como muitos querem que seja feito com o petista e concluiu: “Absurdo até cogitar isso, só deixa o larápio em voga, posando de coitado”.

Quando o irmão de Lula morreu, no último mês de janeiro, ele conseguiu autorização para sair da prisão, mas como demorou muito o sepultamento foi realizado e o ex-presidente não viu motivos para deixar a sede da Polícia Federal. Agora, os advogados querem que a Justiça seja ágil na decisão, pois o sepultamento do neto de Lula está previsto para este sábado (02).

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: [email protected]