Muito feliz, Goulart revela drama que passou antes de brilhar no Palmeiras

Leia também

Cantor de banda gospel diz que não crê mais em Deus e decide abandonar o grupo

Eles tocaram juntos por muitos anos, mas agora o vocalista resoleu seguir por outros caminhos.

Estresse e decepção: futuro de William Bonner pode ser incerto na Globo

Demonstração de estresse e decepção do âncora abrem especulações a respeito de sua permanência no JN.

Covid-19: por que a doença é mais perigosa nos homens do que nas mulheres?

A diferença nas complicações por Covid-19 entre homens e mulheres vem chamando a atenção de especialistas.

Em meio a crise e demissões, Corinthians anuncia acerto com craque

Pandemia do novo coronavírus faz Corinthians demitir, mas acerto com craque é finalizado.
Bruno Avila
Redator de futebol e política desde 2016. Hoje um dos profissionais mais lidos da 1News.
Publicidade

O Palmeiras venceu mais uma partida no Campeonato Paulista, dessa vez, contra o Ituano. O jogo terminou em 3 a 2 para o Verdão no Allianz Parque, com show de Ricardo Goulart, que foi escolhido como o craque da partida pelos torcedores palmeirenses.

Carente de boas atuações, o Palmeiras se deu bem na partida graças ao Goulart, que levou a equipe de Luiz Felipe Scolari à vitória.

Publicidade
Publicidade

O meio-campista que chegou ao Verdão nessa temporada marcou dois gols e deu uma assistência para Borja. Goulart poderia ter feito seu terceiro gol na partida, mas preferiu servir seu companheiro que vem de mal com a torcida.

Publicidade

Depois da partida, Goulart fez questão de lembrar sua lesão e festejou a recuperação da artroscopia no joelho direito. “Foi um período muito difícil pra mim quando fiquei de fora por lesão, mas consegui voltar por cima. Agradeço ao grupo do Palmeiras e fui feliz ao marcar dois gols e ajudar na vitória do time. Estou feliz também pela movimentação e desempenho, mas faltou mais dinamismo”, disse Goulart.

Publicidade

Ricardo Goulart chegou ao Palmeiras no final de janeiro e teve custo zero aos cofres do Verdão. O meio-campista chegou de empréstimo da China, e seu salário é dividido entre as duas equipes. O Palmeiras paga R$600 mil e o Shandong Luneng R$2,4 milhões.

Tratado como a principal contratação da temporada, Goulart faz jus ao título dado pela torcida. Ao lado de Dudu, o meia-atacante é o jogador mais importante do elenco Alviverde. Apesar de ter sido titular pela primeira vez apenas na última partida, Felipão deixa claro que Goulart fará parte do time titular nessa temporada.