in

Flamengo pode perder grande craque para pagar indenizações

Lance
Publicidade

A tragédia no Ninho do Urubu abalou diversas pessoasdo Brasil e do mundo, principalmente as famílias das vítimas, que agora buscam o Flamengo para cobrarem as indenizações das vítimas.

Para pagar o alto valor solicitado pelas famílias, o Flamengo terá que vender alguns jogadores importantes do elenco Rubro-negro. O primeiro atleta negociado foi Henrique Dourado, o atacante já estava nos planos de Rodolfo Landim para sair do Flamengo. Além disso, o Mengão terá que desistir de algumas contratações que estavam nos planos da diretoria.

O lateral-direito Rafinha já estava acertado com o Flamengo, porém a negociação pode ser interrompida. O clube carioca precisa poupar dinheiro para pagar as indenizações das famílias, e Rafinha será incluído na economia do Rubro-negro.

Publicidade

Desde que a nova diretoria assumiu o cargo no final de 2018, o atacante Henrique Dourado era bem visto para uma possível negociação, por conta de seu alto salário e por ser pouco utilizado no elenco Rubro-negro.

Publicidade

Henrique Dourado foi vendido pelo Flamengo ao clube chinês, Henan Jianye, por 6 milhões de dólares (cerca de R$ 22,3 milhões). No momento, o Ceifador irá render R$17 milhões ao Flamengo.

Além do valor recebido pelo Flamengo na transação, o Mengão irá economizar cerca de R$ 19,5 milhões. O valor é referente ao que Henrique Dourado receberia em salários, até o fim de seu contrato com o Flamengo.

O valor total que o Flamengo irá desembolsar e poupar com a transferência de Ceifador é de pelo menos R$ 36,3 milhões. Esse dinheiro ajudará a diretoria Rubro-negra com as indenizações das famílias das vítimas da tragédia no Ninho do Urubu.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com