in

Ameaçado, Bebianno deixa cartas que emocionam: ‘Se algo acontecer comigo, abram’

Bruno Rocha 8.set.2018/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Publicidade

Gustavo Bebianno tem sido a principal notícias dos últimos dias nos bastidores do Palácio do Planalto. Após toda a repercussão de seu caso, envolvendo supostos vazamentos de informações do governo, bem como intrigas com o filho do presidente Jair Bolsonaro, o ex-ministro tem apresentado agora as ameaças que vem recebendo.

Publicidade

Diante da situação, Bebianno decidiu entregar algumas cartas para os seus conhecidos e pessoas mais próximas. Nelas, existem os nomes de pessoas que visariam cometer algum tipo de mal a ele. A informação foi divulgada pela coluna Radar, da Veja.

Publicidade

O ex-presidente do Partido Social Liberal (PSL), o mesmo de Jair Bolsonaro, teria enviado correspondências a duas pessoas, e o teor com que ele aborda o conteúdo é enigmático e assustador. Ele afirma: “Se algo acontecer comigo, abram”, escreveu Bebianno. 

As supostas ameaças que ele teria recebido, chegaram via aplicativo de mensagens instantâneas WhatasApp, após ter o seu número de telefone divulgado.

Publicidade

O ex-Secretário-Geral informou a pelo menos dois de seus amigos mais próximos que estava recebendo este tipo de conteúdo em seu celular. Os episódios tiveram início, segundo ele, no domingo (17).  A Folha divulgou que Bebianno deve denunciar o ocorrido às autoridades.

A divulgação de seu número pessoal teve início após o surgimento da polêmica. Com isso, o contato foi replicado em vários grupos do aplicativo e de outras redes sociais, dando início aos disparos das ameaças.

Entretanto, um dos interlocutores de Bebianno afirma que essas mensagens são, em grande parte, dos apoiadores mais radicais do presidente, e que não expressariam nenhuma ameaça mais preocupante. Todavia, todo o cuidado é pouco diante de tais situações.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Palmeiras acerta venda de Deyverson por R$ 50 milhões e fica próximo de Alexandre Pato

Marquinhos emociona ao falar do Corinthians e fala se retornaria ao clube