in

Jornal faz revelação sobre Carlos Bolsonaro e choca o Brasil

Reprodução/Veja

O novo governo, com menos de dois meses, já passou por uma crise. O ex-ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno se desentendeu com Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e entre idas e vindas, sua exoneração aconteceu. 

Carlos Bolsonaro, eleito na cidade do Rio de Janeiro como vereador (com mais de 106 mil votos), não vem produzindo muito de acordo com o Jornal O Dia. O filho do mandatário da República não apresentou nenhum projeto de lei no ano de 2018.

Publicidade

O vereador, que foi eleito pelo PSL, mesmo partido do pai, foi somente coautor em dois projetos. Um deles tratava sobre o Plano Municipal de Educação e outro tratava sobre a família Gracie se tornar um patrimônio cultural de natureza imaterial do Rio de Janeiro.

A família Gracie é muito admirada por Carlos Bolsonaro, segundo a reportagem, que ainda informa que o parlamentar não usou o púlpito nem uma vez no último ano para discursar.

Publicidade

Os internautas não perdoaram e houve quem dissesse que “gostam de roubar” o governo do Rio:

https://mobile.twitter.com/rosebrgomes1/status/1098715175362969600

Carlos Bolsonaro deixou a câmara para trabalhar em campanha do pai

No último ano, Carlos abandonou a câmara de Vereadores do Rio de Janeiro em quatro ocasiões. Ele pediu licenças entre agosto e dezembro para atuar na campanha e pedir votos para seu pai, ainda candidato na época. 

https://mobile.twitter.com/fatigalvao28/status/1098710974520090625

Para se ter uma ideia, em 2018, ele só fez uma indicação legislativa, essa solicitando a retirada de uma estação de bicicleta da calçada da Rua John Kennedy, na Barra.

Publicidade

Leia Também

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

CBF anuncia Supercopa do Brasil, VAR em todos os jogos da Série A e limite de técnicos

Bomba! José Loreto poderá sair da novela por não conseguir gravar com Marina Ruy Barbosa