in

Fogo amigo! Bolsonaro sofre derrota com ajuda de presidente do PSL

Reprodução / O Dia
Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro sofreu nesta última terça-feira a primeira derrota de seu governo na Câmara dos Deputados. Os políticos fizeram uma votação simbólica e derrubaram o decreto que aumentava o sigilo sobre documentos oficiais, mas ‘um detalhe’ dentre a votação que impetrou a derrota ao presidente veio de um lugar onde menos se poderia esperar: o próprio presidente do PSL.

Luciano Bivar, presidente nacional do PSL, foi um dos que votaram contra o decreto do presidente eleito pelo seu próprio partido e fez coro na derrota que Bolsonaro sofreu na Câmara. Uma das vertentes analisadas por especialistas que apontaram essa derrota, foi a crise política instalada em Brasília após a demissão do ex-ministro Bebbiano.

De outro lado, também pode ter repercutido nessa derrota as denúncias do jornal Folha de São Paulo sobre um esquema que envolveria candidaturas laranjas e que foi associada ao suposto conhecimento de lideranças dentro do PSL.

Publicidade

Bivar conversou com Bolsonaro antes de votar contra o decreto do presidente

Antes de entrar na Câmara dos Deputados, neste último dia 19, para votar contra o decreto de Jair Bolsonaro, Luciano Bivar se reuniu com o presidente. Não se sabe ao certo qual foi o teor do assunto tratado entre as partes e tampouco se Bivar já teria sinalizado a forma como votaria horas depois, mas o encontro mostra que os passos dados não estão alinhados.

Publicidade
Publicidade

Bivar assumiu a presidência do PSL após justamente a saída de Bebbiano do cargo. Como teria participação como ministro do governo, Bebbiano não poderia acumular o cargo com a função de presidente do PSL.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Mari

Escrito por Mari

Alguém que curte escrever sobre entretenimento e diversidades.