in

Agressor que espancou empresária tem prisão decretada pela Justiça

Reprodução / Internet
Publicidade

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva de Vinícius Batista Serra, de 27 anos, por tempo indeterminado, nessa segunda-feira, 18.

Ele foi pego em flagrante, agredindo a empresária Elaine Caparróz em sua residência na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A prisão do agressor foi decretada após o mesmo ser ouvido durante audiência de custódia, que aconteceu no presídio de Benfica, RJ. O agressor responderá por tentativa de feminicídio.

Os dois se conheceram por meio das redes sociais. Após se passar oito meses, eles decidiram se encontrar no apartamento de Elaine. Rogério Caparróz, irmão da vítima, diz ter encontrado a mulher desmaiada e irreconhecível, logo após vizinhos ouvirem os gritos de socorro da vítima.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A vítima relatou para o Fantástico, da TV Globo, que o agressor disse para que ela deitasse em seu ombro para os dois dormirem abraçados. Em seguida, a mulher fez o que o homem havia pedido, mas quando ela acordou, ele estava esmurrando a cara dela.

O irmão da vítima disse, em entrevista, que cada vez que ele olha para a irmã, ele não consegue reconhecê-la. Ele esteve no prédio para ouvir vizinhos que estavam perto do local no momento. Segundo o irmão, as agressões teriam ocorrido por mais ou menos 4 horas. Os vizinhos pensaram que aquilo seria apenas uma “briga de casal”.

Caparróz, o irmão da vítima, disse que o agressor teria dado o nome de Felipe para poder entrar no prédio. O suspeito alegou em depoimento que sofreu um surto psicótico e também disse não se lembrar do episódio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade