in

Jornalista que pediu demissão da Rede Globo ao vivo desabafa na internet; ‘apunhalado pelas costas’

www.otvfoco.com.br
Publicidade

Kaio Cézar, narrador e apresentador que se demitiu ao vivo na TV Globo se pronunciou sobre o caso e revelou os motivos que o levaram a tal extremo. Kaio, que apresentava o Globo Esporte, revelou o assédio que sofreu de profissionais da TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo no estado do Ceará. O desabafo do apresentador foi através da rede social.

Segundo ele, por questões de divergências, o diretor nunca teria o aceitado e isso teria deixado um ‘clima’ insustentável. Os desencontros profissionais e as diferenças criativas teriam extrapolado a barreira do bom senso, deixando a situação por um triz e o diretor até teria disparado uma ofensa contra o apresentador.

E não para por aí. Segundo Kaio, Paulo teria trabalhado para barrar a sua participação na Copa das Confederações em outra emissora do grupo, sem contar os diversos momentos em que o diretor ‘atravessou’ o trabalho do jornalista, deixando sem a menor dúvida que sua saída se tratava de perseguição sofrida por parte do diretor.

Publicidade

Não teria sido só na Globo que Paulo teria atrapalhado o ofício do colega de profissão. No ‘Premiere FC’ e na rádio também teriam ocorrido situações parecidas. Kaio descartou a hipótese levantada por alguns de que o motivo de sua saída seria o envolvimento da sua mulher com o superior.

Publicidade

Kaio finaliza em fala clara contra o anti-profissionalismo de Paulo e agradecendo outros profissionais. “Darei apenas um nome, uma vez que os outros, de cargos menos elevados, cometeram falhas, acredito, mais por ter a proteção dele do que por maldade, simplesmente. E quanto a esses outros, já tratei dos problemas pessoalmente, então caso resolvido. Mas, quanto ao hoje diretor Paulo César Norões, eu preciso não me calar e encarar qualquer consequência e até retaliação. Me apunhalou por muito tempo”, declarou.

Publicidade