in

Vídeo de momentos antes do jovem ter sido imobilizado causa polêmica; veja o motivo

Reprodução/Istoé Reprodução/Youtube Montagem/Marlon Cavalcante
Publicidade

A morte de Pedro Gonzaga, de 19 anos, em uma filial do supermercado Extra, tem gerado muita revolta na população. O vídeo em que mostra o segurança do supermercado em cima do jovem sendo imobilizado viralizou nas redes sociais. A repercussão do caso levantou uma onda de comentários nas redes sociais.

Publicidade
O jovem morreu após levar uma ‘gravata’ de um dos seguranças do supermercado. Apesar de ter sido socorrido, acabou não resistindo, sendo constatado que sua morte foi decorrente de parada cardíaca. Segundo o padrasto e a mãe de Pedro, ele estaria sob efeito de drogas e seria internado.
O segurança declarou em depoimento à polícia que apenas agiu em legítima defesa e que o jovem teria tentado pegar sua arma, e por este motivo ele o imobilizou. Os internautas consideram que a reação dele foi racista. A última informação era que o segurança Davi Ricardo Moreira iria responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).
Neste sábado (16) está circulando nas redes sociais o vídeo de momentos antes da vítima ter sido imobilizada, gerando polêmica, uma vez que, no vídeo, a vítima aparece conversando com o segurança e depois caindo no chão duas vezes.
Internautas tem alegado que não mostra o garoto tentando pegar a arma do segurança. As imagens foram registradas pelas câmeras do supermercado.
O supermercado Extra chegou a informar através de uma nota que os seguranças haviam sido afastados, além disso, afirmando que repudia qualquer forma de violência e que contribuirá com as investigações.
Alguns amigos e familiares marcaram um protesto para este domingo(17) em frente ao Hyper Mercado Extra, onde ocorreu o episódio.
Publicidade

Leia Também

Frota humilha Wagner Moura após protesto e anuncia terrível castigo

Primeira chamada do talk show ‘Programa da Maisa’ é divulgada e anima fãs; assista