in

Luto na política: grande nome da Bancada Evangélica morre de câncer em SP

Arte / Diogo Marcondes
Publicidade

Carlos Apolinário marcou seu nome na política nacional. Nesta quinta-feira (14), o ex-vereador, ex-deputado estadual e ex-deputado federal morreu em decorrência de um câncer, aos 66 anos. Apolinário era um nome forte da chamada Bancada Evangélica.

O velório foi realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) nesta sexta-feira. Em seguida, o corpo foi enterrado no Cemitério do Morumbi, por volta das 16h.

Carlos Alberto Eugênio Apolinário era uma liderança evangélica de respeito. Por três mandatos, entre 1983 e 1994, foi deputado estadual e chegou a presidir a Alesp. Em 1994 se elegeu deputado federal. Em 2000, foi eleito vereador na cidade de São Paulo e exerceu três mandatos consecutivos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O político marcou história e aprovou diversos projetos nos anos em que esteve na Câmara Municipal, Assembleia Legislativa e Congresso Nacional, entre eles a lei que proíbe venda de bebidas alcoólicas nas estradas. Nos últimos anos, ficou famoso pelo projeto de lei que criava o “Dia do Orgulho Hétero”. O então prefeito Gilberto Kassab vetou o projeto e argumentou que o PL era inconstitucional.

Apolinário deixa a esposa, Gedalva Lucena Silva Apolinário, e dois filhos: Cláudio Apolinário e Carlos Apolinário Júnior. Nas redes sociais, especialmente o Twitter, alguns admiradores se despediram do político.

“Hoje, nós do Copamm – Convenção de Pastores Missão Mundial –, na pessoa do seu Presidente Jornalista Apóstolo Martins e Bispa Roseli estamos consternado com a perca do nosso amigo Evangélista Carlos Apolinário, nossas orações a família e amigos que neste momento tão difícil”, comentou um internauta.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!