in

Supermercado do RJ se posiciona após segurança matar jovem de 19 anos com ‘gravata’

Reprodução / Twitter Maricá Direto
Publicidade

Acusado de tentar cometer um roubo em uma das lojas da rede de supermercados Extra, na Barra, Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (14), um rapaz de 19 anos foi pego por um dos seguranças do local e recebeu uma “gravata” mortal.

Publicidade

Pedro Gonzaga, como foi identificado, chegou a ser levado com uma parada respiratória para a Coordenação de Emergência Regional (CER) da Barra, mas não resistiu e acabou falecendo.

Publicidade

Em meio a mais um caso polêmico envolvendo seguranças de supermercado – no final do ano passado, um segurança do Carrefour matou um cachorro dentro do supermercado –, o Extra se posicionou por meio de nota.

“A rede esclarece que repudia veemente qualquer ato de violência em suas lojas. Sobre o fato em questão, a empresa já abriu uma investigação interna e constatou de forma inicial que se tratou de uma reação a tentativa de furto a arma de um dos seguranças da unidade da Barra da Tijuca”, diz um trecho da nota.

Publicidade

“Após o indivíduo ser contido pelos seguranças, a loja acionou a polícia e o socorro imediatamente. A empresa já abriu um boletim de ocorrência e está contribuindo com as autoridades para o aprofundamento das investigações”, finaliza.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o momento em que o segurança dá a “gravata”. Algumas pessoas aparecem pedindo ao segurança que pare e uma mulher chega a dizer que o suposto infrator está roxo. Mesmo assim, o segurança continua com a “gravata mortal”. O caso repercutiu nas redes sociais e dividiu os internautas. Alguns favoráveis ao segurança e outros defendendo o jovem.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Flanelinha perde controle de carro e atropela cinco mulheres

Ela fez algo incomum em cima da moto e internet foi à loucura; veja o vídeo