in

Famosos lamentam a morte de Bibi Ferreira, a atriz de 96 anos teve uma parada cardíaca

ATarde / Montagem: Russel

Bibi Ferreira morreu aos 96 anos nesta quarta-feira, dia 13 de fevereiro, ela teve uma parada cardíaca e muitos famosos estão prestando suas últimas homenagens nas redes sociais.

Um dos primeiros a se pronunciar foi Miguel Falabella, ele fez questão de lembrar a época em que ela fez sucesso em ‘Alô Dolly’ e escreveu: “Foi-se a imensa Bibi Ferreira. Devo a ela meu primeiro encantamento com o palco assistindo sua performance em Alô Dolly, quando era um menino de oito anos”. Falabella agradeceu por ela sempre ter honrado o palco.

Leda Nagle também usou as redes sociais para compartilhar com seus seguidores um registro que foi feito quando ela entrevistou Bibi Ferreira e relembrou que foram muitas “alegres e divertidas conversas. “Vai deixar uma saudade danada. Love you pra sempre com certeza”, lamentou Leda.

Outros famosos lamentaram morte de Bibi Ferreira

O nome da atriz e cantora está entre os assuntos mais comentados do Twitter na tarde desta quarta-feira (13), quando muitas homenagens são postadas por fãs famosos e anônimos.

A cantora Alice Caymmi deixou uma mensagem emocionante, comentando como Bibi se entregou ao trabalho, à arte e que se lembrará dela para sempre com muita alegria.

Juliana Baroni lamentou a morte da “maior diva do teatro brasileiro”, a atriz contou que teve a honra de assistir uma das apresentações de Bibi em Lisboa, quando interpretou Amália Rodriguez, e foi aplaudida de pé por 5 minutos no final. “Foi a maior emoção que senti numa plateia de teatro em toda minha vida”, contou Juliana.

Leia Também

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br

7 famosos que desapareceram da mídia

Bolsonaro prova que é ‘gente como a gente’ e utiliza forma simples para governar o Brasil