in

Após salvar três meninos no incêndio, segurança vive drama

Jornal O Dia - iG
Publicidade

A tragédia no Ninho do Urubu deixou dez mortos e três feridos e, em meio de tanta tristeza e pessoas afetadas, um ato heroico ganhou destaque no incêndio. 

Publicidade

A atitude de Benedito Ferreira, segurança do Flamengo, salvou três meninos do incêndio e evitou que a tragédia fosse ainda maior. 

Publicidade

O incêndio que tirou a vida de dez meninos que tinham o sonho de virarem ídolos do Flamengo poderia ter mais vítimas. Dos 26 garotos que estavam no alojamento incendiado, 16 sobreviveram, três ficaram feridos. Um funcionário do clube foi o responsável por salvar alguns dos garotos.

Muito abalado com a situação, inicialmente, Benedito Ferreira não aceitou receber ajuda psicológica do clube, mas, alguns dias depois, felizmente, mudou de ideia.

Publicidade

Por mais que Benedito, segurança do Flamengo, não se considere um herói, é assim que o clube Rubro-negro está tratando o funcionário. Após salvar muitas vidas no incêndio do Ninho do Urubu, Benedito está recebendo toda a atenção necessária e será feito o que for possível para ajudá-lo. 

Alguns representantes do Flamengo devem se encontrar nesta quarta-feira (13) para acertar os detalhes em que Ferreira possa receber a equipe psicológica do Rubro-Negro.

Após a tragédia, o segurança deu entrevista dizendo que ‘nunca mais seria o mesmo’. Por esse motivo, o Flamengo o buscou para ajudá-lo. No momento da tragédia, o agente demonstrava estar muito abalado e optou por recusar a ajuda psicológica. Agora voltou atrás e receberá assistência do clube. O Flamengo entende que será uma forma de recompensar a atitude heroica do segurança.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Ganhador de loteria vai receber prêmio com máscara do Pânico e viraliza nas redes sociais

7 famosos que desapareceram da mídia