in

Ao lado de Sandra, Dony de Nucio gagueja e emoção toma conta ao noticiar morte de Boechat

Reprodução / TV Globo

O dia 11 de fevereiro de 2019 não foi nada fácil para o jornalismo brasileiro. Morreu nesta segunda-feira o jornalista e apresentador Ricardo Boechat, aos 66 anos, depois que o helicóptero em que voava de Campinas para São Paulo caiu entre o Rodoanel e a rodovia Anhaguera.

No Jornal Hoje, exibido pela Globo no início da tarde, os apresentadores Sandra Annenberg e Dony de Nucio se emocionaram ao noticiar a morte do colega de profissão, a quem tanto admiravam.

“A confirmação da morte do nosso colega, jornalista admirado por todos, a redação toda em choque, eu nunca pensei na vida que teria que dar uma notícia de alguém que a gente admira tanto”, afirmou de Nucio, ao vivo, para todo o Brasil, visivelmente emocionado.

“Muito Dony, e a gente que está aqui ao vivo, com a redação ao fundo, a gente sente a consternação que está vindo dali”, observou Sandra. Em outras emissoras a consternação foi a mesma.

Na GloboNews, Miriam Leitão contou uma história incrível que viveu ao lado de Boechat, quando ficou desempregada, em 1991. Ela disse que ficou muito perdida porque havia recebido uma pancada grande com o desligamento.

Boechat telefonou para ela e disse que ela não ficaria desempregada muito tempo. Na Globo, o jornalista pediu aos chefes que a contratassem e assim aconteceu. “Aí recebi um telefonema do Globo. Vim para as organizações Globo pelas mãos dele”, afirmou.

O corpo de Boechat será velado das 22h desta segunda até às 14h de terça no Museu da Imagem e Som (MIS). Será aberto ao público. A cremação acontecerá em cemitério não divulgado, a pedido da viúva Veruska Seibei Boechat.

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

A história dessa foto revela a humildade de Ricardo Boechat e tem feito muita gente chorar

Bolsonaro surpreende e toma atitude para estar ‘presente’ no velório de Boechat