in

Após foto, Leila fala sobre retorno de Valdívia ao Palmeiras

Globo Esporte
Publicidade

O Valdivia atualmente é o assunto no Palmeiras. Após a derrota no clássico para o Corinthians, os torcedores do Verdão não perdoaram o placar negativo. Uma parte da torcida pede pela volta do meia chileno nas redes sociais, outra parte é contra o retorno de Valdivia.

Publicidade

A derrota no clássico agitou os bastidores do Palmeiras e pode causar algumas mudanças no clube. A punição de Deyverson já foi aplicada e o centroavante terá que desembolsar R$350 mil ao clube. Sua cuspida em Richard custou caro, mas Deyverson já vinha acumulando erros desde 2017.

Publicidade

O assunto Valdivia chegou até a patrocinadora Leila Pereira, dona da Crefisa e responsável por uma parte do dinheiro que chega ao Palmeiras. 

Hoje (6), ocorreu a apresentação do novo reforço do Palmeiras, Ricardo Goulart. O atacante foi apresentado na sede da FAM (Faculdade das Américas), e os jornalistas aproveitaram o momento para perguntar a Leila sobre uma possível volta de Valdivia ao Palmeiras.

Publicidade

Ao ser questionada sobre o caso, Leila Pereira contou que nas redes sociais recebe muitos pedidos e perguntas sobre a contratação de Valdivia. Lembrou até de uma vez, onde postou uma foto ao lado dele, mas deixou claro que não quer dizer que é ele vai voltar ao clube.

Leila ainda completou: “Gente, por favor, não aguento mais nas redes sociais o “Volta Valdivia”. Parem com isso! (risos) Patrocinador não decide isso, e sim o departamento de futebol” disse ela, bem humorada.

Leila Pereira tentou deixar claro que não é ela quem decide as contratações e sim o departamento de futebol do Palmeiras, mas que em qualquer decisão tomada ela estará ali para ajudar.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Juventus está furiosa com Douglas Costa por causa de Neymar

Jovem realiza salto mortal em penhasco de 40 metros de altura