in

Paula toma decisão surpreendente e Hana pode ser beneficiada: ‘inimiga pública’

Reprodução/GShow

Aparentemente, a coisa está mais difícil do que parece para os participantes das 19ª edição do Big Brother Brasil.

O confinamento dos chamados ‘brothers’ causam muitos comentários nas redes sociais, e tudo o que é dito dentro da casa pode acabar se virando contra os participantes.

Publicidade

E a confinada Paula é a bola da vez. A loira, que tem uma voz inconfundível, deu o seu parecer sobre o paredão entre Hana, Hariane e Rízia.  De acordo com a própria, se sua amiga Hariane sair no paredão atual, ela vai abandonar a competição.

De acordo com o colunista Chico Barney, do UOL, esse comentário aumenta as chances de Hana permanecer na casa, já que Paula é considerada ‘inimiga pública número 1’, por conta de suas colocações muito polêmicas.

Publicidade

No Twitter, muita gente vem comemorando e “torcendo” para que a fala de Paula se concretize:

O resultado do paredão vai ao ar na terça (5) e poderá surpreender a todos, já que de acordo com enquetes preliminares, Hana (uma das mais queridas nas redes sociais) poderá ser eliminada da atração. Tiago Leifert chegou a contestar as enquetes, que não alteram o resultado votado no site oficial da Globo.

Os números do programa

Na audiência, o BBB 19 está indo bem mesmo após ter estreado com um recorde negativo. O reality apresentado por Tiago Leifert conseguiu 22 pontos de audiência no último dia 22 de fevereiro. A formação do último paredão da atração rendeu 16 pontos. 

A campanha do BBB durante os intervalos da Globo busca conquistar melhores índices. Para se ter uma ideia, o recorde negativo da audiência histórica do programa foi no BBB 16, 24 pontos. A temporada atual garantiu apenas 22.

Publicidade

Leia Também

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Mourão pode derrubar Bolsonaro e trama de intrigas vem à tona

Aposentados estão cometendo crimes só para serem presos e viverem na cadeia de graça