in

5 brasileiros que estão livres para ser contratados

UOL Esporte
Publicidade

O fechamento da janela de transferências para as principais ligas da Europa, não representa necessariamente, o fim das oportunidades do mercado para os jogadores neste início de 2019.

Publicidade

Atletas que estão sem contrato continuam livres para assinar com outros clubes de vários países, incluindo Brasil. O ”Blog do Rafael Reis” apresentou cinco jogadores brasileiros que atuavam no exterior, mas que agora estão liberados para fechar com outro clube.

Publicidade

1-Diego Tardelli (35 anos)


O craque sempre foi sonho de consumo de grandes clubes brasileiros e, agora está livre para ser contratado, depois de deixar o Shandong Luneng, um dos principais times da China. Mesmo dizendo que preferiria continuar no futebol estrangeiro, o craque iniciou conversas nos últimos dias com o Atlético-MG. O Banco BMG, estaria disposto a ajudar no pagamento do salário do atleta que custa em torno de R$ 1 milhão mensal.

2-Thiago Carleto (29 anos)


Um dos grandes destaques do Athletico-PR no primeiro semestre do ano passado, o lateral que ficou muito famoso por causa de seus chutes fortes e do apoio ao ataque, durou muito pouco no futebol da Arábia Saudita. Com isso, acabou tentando a sorte no Al-Ittihad em julho. Agora, ele busca um novo clube para integrar.

Publicidade


3-Fernando Bob (31 anos) 


O jogador rescindiu seu contrato com o Internacional no meio do ano, para poder viver seu sonho de jogar no MLS (Major League Soccer), considerado a elite do futebol nos Estados Unidos. Após passar um tempo defendendo o Minnesota United, o jogador ficou com seu futuro indefinido. Sem contrato, ele não tem certeza se irá continuar nos EUA, ou se arrumará suas malas para ir a outro país.


4-Túlio de Melo (34 anos) 


O craque passou a maior parte de sua carreira atuando no futebol europeu. Nos últimos anos, passou por times como Sport e Chapecoense, mas em janeiro do ano passado foi de volta aos gramados estrangeiros atuar pelo Avispa Fukuoka, do Japão. Depois de seis meses, quis deixar o oriente e, desde então não está com vínculo com nenhum clube.


5-Jajá (32 anos) 


Apesar de ter passagens rápidas por grandes clubes brasileiros, o craque passou grande parte de sua carreira no exterior, jogando em mais de sete países diferentes. Depois de idas e vinda, o jogador está sem time e pode ter a oportunidade de voltar ao futebol brasileiro.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Presidente do IBRAM renuncia ao cargo

Grêmio não consegue garantir renovação com estrela que parte para outro clube