in

Porta-voz do Corpo de Bombeiros de MG fala sobre encerramento das buscas em Brumadinho

Instagram Pedro Aihara / Divulgação
Publicidade

O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais na tragédia de Brumadinho, tem se destacado como uma voz serena em meio ao caos que se tornou a cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, após o rompimento da barragem da Vale, na sexta-feira (25).

Publicidade

Nesta quarta-feira (30), o tenente concedeu entrevista à Rádio Eldorado e falou sobre o encerramento das buscas na cidade mineira. Aihara afirmou que o avanço do estado de decomposição dos corpos pode fazer com o que as buscas sejam encerradas, mas ainda não é chegada a hora de isso acontecer.

Publicidade

Evidentemente, chega um momento que, pelo estado de decomposição dos corpos com a lama, fica impossível encontrá-los, mas isso está associado a uma série de variáveis“, explicou o tenente. Os bombeiros, que trabalham nas buscas, passaram a utilizar máscaras devido ao mau cheiro no local.

Nesse momento, que não é agora, essa operação tem que ser analisada, se ela tem que ser encerrada. Nesse tipo de tragédia a gente não trabalha com recuperação de 100% dos corpos. Embora seja o desejo, isso é impossibilitado pelas características físicas da situação“, explicou.

Publicidade

Às 13h15 desta quinta-feira (31), o Corpo de Bombeiros informou que 99 óbitos estavam confirmados e 259 estavam desaparecidas. A operação e busca conta com 15 aeronaves, 21 cães, 18 pontos de busca, 300 militares e 66 civis voluntários, fora da zona quente.

Pelas palavras do tenente, as buscas devem continuar por mais alguns dias e, possivelmente, será encerrada sem que todos os corpos sejam encontrados.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Desclassificado do BBB 19, Vanderson desabafa

Amigas se beijam no BBB19 e causam o maior alvoroço na internet