in

BBB19: Paula é acusada de racismo e abaixo-assinado quer tirá-la do reality

Fotomontagem: TV Globo/Diogo Marcondes
Publicidade

O Big Brother Brasil 19 experimentou sua segunda eliminação, na noite de terça-feira, quando Gustavo deu adeus ao reality show e muitas coisas começam a se definir dentro da casa mais vigiada do Brasil. A atual edição do BBB mostra, por exemplo, a força das mulheres, já que os dois eliminados até o momento foram homens.

Publicidade

Paula se destaca como uma das favoritas para vencer o reality show e fora da casa o público se divide. Para alguns, ela é descolada, autêntica e uma das protagonistas da atual edição do Big Brother Brasil 19.

Publicidade

Para outros, porém, a loira não passa de uma racista que tem sido protegida pela produção do BBB na hora de exibir as edições diários na Globo – um compilado de poucos minutos com o que de mais importante, na opinião de quem edita, aconteceu nas 24 horas do dia.

Por conta disso, internautas anti-Paula se organizaram e criaram um abaixo-assinado no site Change.org contra a presença da loira no reality show. A meta é alcançar cinco mil assinaturas e entregar ao Ministé rio Público. Na madrugada quinta-feira, já havia conseguido mais de três mil.

Publicidade

Após duas semanas de ‘BBB 19’ e um combo de falas racistas, a edição tem evitado mostrar na Globo as situações e frases mais chocantes de uma participante. Quem assiste à transmissão 24 horas do programa sabe que a bacharel em direito é a personagem mais polêmica e maldosa do programa, entretanto quem não é assinante do Globo Play, ignora isso completamente“, diz o texto postado no site.

Paula polemizou ao conversar com Hariany e Diego sobre uma amiga que foi esfaqueada. “Pensei que ia chegar mó faveladão lá, e quando eu vi o cara era branquinho, morou não sei quanto tempo na Austrália ou no Canadá, não sei“, comentou ela sobre o autor do crime.

Ela também comentou que seu cabelo era ruim, e foi repreendida por Gabriela. Em outro momento, perguntou se Danrley, morador da Rocinha, já havia experimentado maconha. Ele disse que não e ela afirmou que ele poderia falar porque ela não contaria para ninguém.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Barça fecha negociação em 48 horas e Messi, Suárez e Piqué reagem

Bombeiros divulgam número de animais resgatados em Brumadinho