in

Luto na TV: morre o autor de uma das novelas mais adaptadas no mundo todo

Gospel Geral
Publicidade

Na tarde desta terça-feira (29) o autor de duas novelas estrangeiras mais comentadas e de sucesso no Brasil faleceu.

Fernando Gaitán tinha 58 anos e, morreu vítima de uma parada cardiorrespiratória na cidade de Bogotá, Colômbia.

A notícia de que o autor havia falecido pegou muita gente de surpresa, mas foi confirmada pela assessoria de imprensa da Clínica del Country. Foi neste local, que o Fernando havia dado entrada na manhã de terça-feira (29), quando passou mal.

Publicidade

O hospital enviou um comunicado à imprensa falando sobre o ocorrido. “A Clínica del Country lamenta informar que o paciente Fernando Gaitán Salom, roteirista e produtor de televisão, faleceu no dia de hoje à 1h46 da tarde, depois de ingressar ao setor de emergência com parada cardiorrespiratória, e sem responder às tentativas de reanimação instauradas”.

Publicidade

Fernando começou a se dedicar a televisão no ano de 1989. Porém, seu primeiro sucesso só viria anos mais tarde, em 1994, quando escreveu uma das tramas de maior sucesso exibida pelo SBT aqui no Brasil, Café com Aroma de Mulher. No elenco da produção, havia o ator brasileiro Guy Ecker. O sucesso da primeira exibição do folhetim em 2001 foi tanto, que o canal de Silvio Santos reprisou a trama duas vezes, em 2005 e 2014.

Essa trama não seria o maior sucesso do escritor. Em 1999 Gaitán conheceria a fama de verdade, ao escrever Betty, a Feia. O folhetim foi um mega sucesso, por contar a história de uma secretária feia que se apaixona pelo chefe da empresa bonitão e galinha.

O folhetim ainda conseguiu um feito único e entrou para o Guiness Book, como a trama mais adaptada no mundo. Ao todo foram 22 versões. No Brasil foi exibida pela RedeTV! em 2002. 

Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.