in

Jovem morre após comer macarrão que estava fora da geladeira

metrojornal
Publicidade

O  lamentável fato aconteceu com um universitário de uma das mais renomadas faculdades de Bruxelas, na Bélgica. Com apenas 20 anos de idade, ele era conhecido apenas como’ AJ’,.

Publicidade

O jovem foi encontrado desacordado em sua cama, após familiares darem conta de sua ausência. Ao tocar no rapaz, perceberam que já estava frio e sem vida, do seu lado estava uma vasilha com restos dos macarrão, que a perícia constatou estar fora da geladeira por 5 dias.

Publicidade

Conforme consta em seu prontuário do paciente, depois de feita anamnese pela equipe do IML, e informações cedidas pela assessoria do Metro Reino Unido, após reaquecer e comer a sobra do macarrão que estava em cima do refrigerador há cinco dias, o moço saiu com uns amigos para fazer uma caminhada.

Porém, antes de começar a andar sentiu um mal estar, a cabeça começou doer e o estomago a embrulhar, náuseas repentinas e calafrios consequentes, logo veio a dor abdominal violenta, segundo consta, tudo foi muito repentino, ele voltou para casa, se hidratou com bastante água e achando que era um desconforto abdominal comum recusou ir ao hospital, dispensou os amigos e foi dormir e acabou nunca mais acordando. 

Publicidade

A intoxicação alimentar causada pelo bacillus cereus, uma bactéria que produz toxinas perigosas que podem levar a falência de órgãos importantes, segundo a autopsia a morte dele foi repentina e durante o sono.

O laudo emitido pelo Laboratório Nacional de Referência que examinou e resto do alimento que o rapaz consumiu constatou que a toxina era tão venenosa que provocou uma insuficiência hepática, causa do óbito do estudante.

Publicidade

Leia Também

‘Fora’ da Globo, Cid Moreira rasga o verbo e dispara: ‘vez ou outra sou chantageado’

Com tiros de fuzil, animais ilhados na lama de Brumadinho são executados