in

Sacos com corpo esquartejado são encontrados em Salvador e assustam moradores

Foto: Reprodução - Correio
Publicidade

Na manhã desta quarta feira (23) no bairro Lobato, um corpo esquartejado foi encontrado no córrego dentro de sacos plásticos. O corpo foi encontrado por moradores que, incomodados com o forte odor, resolveram tirar os sacos do local. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) identificou como Anderson de Jesus Santos, de 25 anos.

Publicidade

De acordo com moradores, os sacos sujos de sangue foram deixados na Rua João de Deus, nas proximidades da Praia da Maré, por volta de 4h. Moradores contam que, devido ao calor excessivo, o forte cheiro acabou chamando a atenção de todos que passavam pelo local. Mais tarde, após a retirada, notaram que o conteúdo dos sacos se tratava de um corpo e entraram em contato com a polícia. 

Publicidade

A identificação de Anderson só foi possível após o departamento realizar a necropapiloscopia no cadáver, que é o processo de comparação entre as digitais do corpo com as do documento de Registro Geral (RG). Em um dos sacos foi encontrado o tronco e a cabeça, que não foi decepada. Em outro, encontraram as coxas, pernas, braço e antebraços, todos separados.

As investigações ainda não constataram se o homem era morador do bairro Lobato e o que teria motivado o crime, que deixou todos os moradores chocados. Uma das hipóteses levantadas seria o local ser disputado por facções pela venda de drogas, segundo moradores da região. O caso é investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios.

Publicidade

A equipe de reportagem do CORREIO esteve na 14ª Companhia Independente de Polícia Militar (Lobato), que fica a cerca de 100 metros de onde o saco foi encontrado, mas foi informada apenas que as investigações estão sob responsabilidade da Polícia Civil.

Publicidade

Leia Também

Mercado Bola: Santos contrata goleiro do Ceará por R$ 4 milhões

Saiba qual é o segredo no Barcelona que Messi, Suárez e Piqué estão tentando esconder