in

Governo Federal estuda proposta para que mães se aposentem mais cedo

O mercado de trabalho mudou muito ao longo dos anos. Uma grande evolução inseriu as mulheres no mercado de trabalho e muitas atualmente ocupam cargos que antigamente eram considerados apenas do sexo do masculino. O fato é que a mulher conseguiu seu espaço no mercado, apesar de ainda existir preconceito em algumas áreas.

No entanto, as mulheres que têm filhos enfrentam uma jornada bem desgastante. Afinal de contas, trabalhar fora e ainda dar conta dos afazeres domésticos e dos filhos não é uma rotina muito fácil e acaba sendo desgastante. Pensando nisso, o governo federal está pensando em uma redução para as mães na hora de aposentar.

A reforma da Previdência é um dos assuntos mais debatidos pelos políticos brasileiros. Desde o último governo, o tema é algo que precisa ser resolvido no país com uma certa urgência. No entanto, a inclusão de uma nova proposta pode beneficiar as mamães que trabalham fora.

A boa notícia é que o governo está estudando incluir no texto da reforma uma proposta que visa a diminuição da idade mínima para aposentadoria de mulheres que tem filhos. O número de filhos de cada uma entraria no cálculo para o benefício. A equipe econômica deverá incluir na proposta que vai ser apreciada pelo Congresso Nacional. Com a nova proposta, as mulheres com filhos poderiam se aposentar até dois anos antes do tempo exigido para o restante dos trabalhadores.

Em compensação, esse novo dispositivo terminaria com a necessidade de fazer a diferenciação entre homens e mulheres na regra mínima da idade para se aposentar. De acordo com a proposta que está tramitando na Câmara, as mulheres se aposentariam com 62 e os homens com 65.

Leia Também

Após polêmica de agressão, mulher Moranguinho reaparece acima do peso e é detonada nas redes sociais

Larissa Manoela está grávida? Atriz responde de forma ‘atravessada’ fã que a questionou