in

Após polêmica de agressão, mulher Moranguinho reaparece acima do peso e é detonada nas redes sociais

AgNews / Raphael Castello

Ellen Cardoso, mais conhecida no mundo artístico como mulher Moranguinho reapareceu na mídia e virou alvo de crítica dos internautas. O marido da dançarina, o cantor Naldo Benny lançou um novo clipe com a música de trabalho ‘Vai Lulu’. A morena fez uma participação, mas acabou sendo detonada nas redes sociais.

Para quem não se lembra, Moranguinho acusou o marido de agressão no final do ano de 2017. O caso de violência doméstica teve grande repercussão no país e virou manchete na mídia. Na ocasião, o cantor chegou a ser preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. De acordo com a acusação da dançarina, ela foi agredida com socos, puxões de cabelo e até chutes.

Ellen também disse na época que não seria a primeira vez que sofria agressão do marido. Ainda de acordo com a famosa, as agressões seriam devido a ciúmes do cantor. Ela chegou a ter uma medida protetiva para evitar que cantor se aproximasse dela.

A morena resolveu se afastar e foi ficar um tempo com os pais. Naldo procurou ajuda psicológica e também recorreu a um tratamento espiritual. Alguns meses depois os dois resolveram reatar o casamento.

Mulher Moranguinho recebe críticas

Ao aparecer no novo clipe do marido, alguns internautas criticaram o corpo da morena. No entanto, ela resolveu rebater os comentários negativos.

“Gordo não é gente?”. “Quem é gordo não é gente? Julgam uma pessoa acima do peso como se fosse um monstro. Isso não existe, a sociedade não pode ditar regra na vida dos outros. As pessoas têm que ser felizes e cuidar da saúde, que é a prioridade”, desabafou Ellen.

Ela aproveitou a oportunidade e disse que deixou a carreira de lado para se dedicar à família. Por isso, não vive mais em função da boa-forma e que se sente bem do jeito que está.

Leia Também

Emocionada, mãe de Caio Junqueira revela verdadeiro estado de saúde do ator e faz desabafo

Governo Federal estuda proposta para que mães se aposentem mais cedo