in

Ricardo Goulart aceitou reduzir 80% do salário para jogar no Palmeiras; saiba quanto

FOX Sports
Publicidade

O meia-atacante Ricardo Goulart, enfim, é jogador do Palmeiras. Sonho antigo do Verdão, o meia-atacante de 27 anos foi liberado pelo Guangzhou Evergrande e assinou contrato de empréstimo de uma temporada.

Publicidade

Segundo o Palmeiras, não há ajuda financeira da Crefisa e, além disso, a diretoria do Palmeiras se recusou a pagar o salário de Ricardo Goulart de maneira integral. O jogador recebe mais de R$ 3 milhões por mês no Guangzhou Evergrande, da China, e precisaria topar receber menos para acertar com o atual campeão brasileiro.

Publicidade

O Verdão irá desembolsar apenas 20% do salário de Ricardo Goulart. O clube brasileiro pagará 600 mil de salário ao meia, e o clube chinês R$2.4 milhões. O valor pago à Goulart é considerado o teto do clube.

O atleta de 27 anos chega por empréstimo gratuito até o final da temporada, com opção de compra por 12 milhões de euros (R$ 50,8 milhões). Nas últimas temporadas pelo Guangzhou, o brasileiro somou 154 partidas e 104 gols.

Publicidade

Vinculado ao clube chinês até janeiro de 2020, Goulart é um nome que agrada ao técnico Luiz Felipe Scolari, já que ambos colecionaram títulos pela equipe nas últimas temporadas do país asiático.

Deixo aqui uma mensagem para todos os torcedores palmeirenses. Já soube do fanatismo e da paixão que o torcedor palmeirense tem. Não vai faltar dedicação, vou fazer meu melhor dentro de campo, não vai faltar empenho. Que a gente seja muito feliz juntos”, disse o jogador ,em seu vídeo de apresentação.

O meia chega como o maior reforço para essa temporada, tendo uma expectativa muito grande em cima de si.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Fátima ‘implorou’ para trocar seu programa de horário e jornalista choca com revelações

Retornando ao Brasil, Gui Arana recusa rivais e prioriza o Corinthians