in

Bolsonaro vai ao Twitter para dar explicações sobre a promoção de seu ‘amigo pessoal’

Reprodução do Twitter de Jair Bolsonaro

Diante de toda a polêmica gerada após o presidente Jair Bolsonaro anunciar um de seus amigos para o cargo de gerência executiva de Inteligência e Segurança Corporativa da Petrobras, ele resolveu se dirigir à população, por meio de seu perfil no Twitter, a fim de dar explicações.

O anúncio da promoção de Carlos Victor Guerra Nagem foi feito na noite desta quinta-feira (10), também via Twitter. Ele é capitão-tenente da reserva da Marinha do Brasil.

O novo indicado a ocupar o cargo passa, a partir de agora, por procedimentos internos da gerência da Petrobras, para que o nome possa ser analisado, segundo afirmação do presidente.

Veja a seguir a justificativa de Jair Bolsonaro:

Pelo currículo publicado por Bolsonaro, é possível identificar que Nagem já é funcionário da estatal há onze anos. Dentro deste período, seis anos foram dedicados a atuações na área de segurança corporativa. Na Escola Naval graduou-se na área de Administração, e é hoje capitão-tenente da reserva da Marinha brasileira.

O nome anterior que ocupava o cargo de gerente de Inteligência e Segurança Corporativa da Petrobras, Regina de Luca, sofreu demissão no último mês, antes até da posse de Jair Bolsonaro, e da nomeação do novo presidente da estatal indicado, o economista Roberto Castello Branco.

Diante da alegada relação entre a executiva Regina de Luca com o governo anterior do Partido dos Trabalhadores, este episódio já era passível de ser previsto. Ela ainda foi secretária nacional de Segurança Pública no governo Dilma Rousseff.

Leia Também

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Flamengo dá chapéu no Palmeiras e anuncia outra contratação histórica

Palmeiras pode fazer contratação histórica para 2019