in

Após polêmicas, Luciano Huck recua e anuncia que está torcendo pelo governo Bolsonaro

Reprodução / Band / TV Globo
Publicidade

O apresentador da Globo Luciano Huck já se envolveu em algumas polêmicas relacionadas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). A última aconteceu na quinta-feira (3), quando ironizou fala da ministra Damares Alves, da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, sobre cores de vestimenta para meninas e meninos.

Na sexta-feira, porém, Luciano Huck recuou das críticas ao novo governo e deu mais declaração de apoio a Bolsonaro. Na virada do ano, o apresentadora do Caldeirão do Huck já havia desejado boa sorte ao novo governo.

“E lá vamos nós, de novo. Como postei dias atrás, antes do dilema do ‘azul ou rosa’, torço a favor do governo porque torço a favor do Brasil e respeito a democracia”, inicia Huck, em postagem feita no Instagram.

Publicidade

Ele continua dizendo que todos devem apoiar as pautas e ideias positivas do governo que começou a trabalhar oficial na última terça-feira (1º). “Este país precisa melhorar muito e rápido, e o caminho não será fácil”, afirma Huck.

Publicidade
Publicidade

O apresentador da Rede Globo afirma também que o momento é de diálogo. “Mas torcer a favor não significa que não estaremos vigilantes e atentos a deslizes, equívocos, injustiças ou que vamos pactuar com ideias retrógradas ou sectárias”, complementa.

Huck voltou a criticar a fala da ministra Damares e classificou a afirmação dela de que meninos vestem azul e meninas rosa como infeliz. O comentário de Huck torcendo pelo governo Bolsonaro ocorre em um momento em que o presidente e artistas globais estão em rota de colisão. A cada dia surge uma nova polêmica entre os dois lados.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br