in

Sampaoli se irrita com a condição que encontrou no Santos; entenda a situação

Fernando Dantas/Gazeta Press
Publicidade

Jorge Sampaoli tem se mostrado incomodado com a situação de carência de reforços no Santos. Até o momento, o primeiro treino oficial comandado pelo argentino, que se dará após a reapresentação do elenco, não contatá com nenhum reforço anunciado, diferente do elenco que fechou a atual temporada.

Em conversa tida com o presidente da equipe, José Carlos Peres, Sampaoli ouviu sobre o projeto para o futebol, e a ideia de ter um elenco forte para a briga de títulos.

Os esforços estão sendo guiados no sentido de formar um “time do Sampaoli”. No entanto, a equipe santista sofre nesse momento com grandes dificuldades financeiras, que se refletem na limitação de sua atuação no mercado. Os direitos de imagem, por exemplo, encontram-se atrasados há dois meses.

Publicidade

Emmanuel Gigliotti, atacante argentino que atualmente defende as cores do Independiente, é um dos pedidos do novo treinador. Todavia, houve recuo nas negociações diante dos valores exigidos. 

Publicidade
Publicidade

Devido a esta falta de novidades, o técnico escolheu analisar cada jogador na pré-temporada, antes de serem liberadas as negociações de empréstimos, como nos casos de Yuri, sondado pelo Fluminense, e Jean Mota, para o Bahia.

O Santos não tem negociações encaminhadas e deve virar o ano sem caras novas. O presidente Peres busca soluções em receitas rápidas e empréstimos bancários para quitar o atraso salarial e alguma das sugestões de Sampaoli.

Executivo de futebol do Peixe, Renato está de férias em Sevilha, na Espanha, e pouco fala com Peres. O presidente centraliza as negociações e dá poucas informações para o restante da diretoria.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.