in

Michael Schumacher: Formula 1 irá comemorar aniversário do piloto

UOL esportes
Publicidade

A equipe e direção da Formula 1 se prepara para comemorar o cinquentenário de um dos seus maiores representantes em todo o tempo de sua história, o alemão Michael Schumacher, que completará 50 anos de idade no próximo dia 03 de janeiro de 2019.

A Fórmula 1 planeja por em destaque o talento, a carreira e as vitórias notáveis de uma pessoa que tem se mostrado um verdadeiro campeão não somente como foi nas pistas, mas também na luta pela vida.

O piloto de Formula 1, que na década de 90 conquistou uma legião de fãs e continuou em boa fase no inicio desse século, receberá justa homenagem . “O museu da Ferrari em Maranello, na Itália, está planejando uma exibição especial que será inaugurada no aniversário de Schumacher e durará alguns meses, tanto como uma celebração quanto um sinal de gratidão ao piloto mais bem-sucedido de toda a história do Cavalo Empinado”, informou a assessoria de Formula 1

Publicidade

Veja como aconteceu o acidente e as últimas informações:

O alemão, respeitado em todo mundo e um dos maiores campeões de corrida de Formula 1, estava há cinco anos em coma em um leito adaptado em sua residência, após se acidentar durante suas férias nos Alpes Suíços, ao lado de Mick, seu filho.

Publicidade

Nesse dia, pai e filho estavam se divertindo em agradecimento pelo bom ano. Contudo, ao compartilharem uma aventura, Schumacher teve sua vida virada de ponta cabeça ao bater em uma rocha enquanto esquiava.

No entanto, recentemente, o mundo foi surpreendido com a noticia do inicio de uma jornada de recuperação do alemão. Ele saiu do coma e respira de forma absolutamente natural. A noticia se espalhou rapidamente e levou muitos fãs do piloto a vibrar com a esperança renascida. 

Um parente próximo do ex-formula 1, declarou que o ex-piloto está no “processo de sair da cama e ir para a cadeira de rodas e que ele entende o que ocorre ao seu redor. “Quando o colocamos na cadeira de rodas de frente para as montanhas e para o lago, por vezes o Michael chora”, disse em revelação.

Publicidade